terça-feira, 17 de maio de 2011

ONOMATOPEIA - VOZES DOS ANIMAIS


Vozes dos animais, poema de Pedro Diniz

13072008
Animais da fazenda, ilustração de Steve Morrison
Animais da fazenda, ilustração de Steve Morrison


VOZES DOS ANIMAIS

Muge a vaca; berra o touro;
Grasna a rã; ruge o leão;
O gato mia; uiva o lobo;
Também uiva e ladra o cão.

Relincha o nobre cavalo;
Os elefantes dão urros;
A tímida ovelha bala;
Zurrar é próprio dos burros.

Sabem as aves ligeiras
O canto seu variar:
Fazem às vezes gorjeios
Às vezes põem-se a chilrar.

Bramam os tigres, as onças;
Pia, pia o pintinho;
Cucurica e canta o galo;
Late e gane o cachorrinho.

A vitelinha dá berros;
O cordeirinho, balidos;
O macaquinho dá guinchos;
A criancinha vagidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog foi criado com o objetivo de divulgar meus trabalhos desenvolvidos na área da educação presencial e a distância; por isso ao postar seu comentário peço que tenha responsabilidade por aquilo que escreve; pois outras pessoas poderão lê-lo.
Seja educado, gentil e valorize esse espaço.
Um abraço a todos!

ProfªFrancisca

Postar um comentário