Conto de Enigma




Mapa Mental criado por Victor_Tavares03 com GoConqr





Aula da Semana de 04.09 a 06.09.17







Aula da semana de 21 a 25/08/17

Leia abaixo a biografia do autor Arthur Conan Doyle, selecione de cada parágrafo as informações mais importantes, produza frases com essas informações e crie itens para seus slides de apresentação.
Não se esqueça de baixar os slides, inserir novas informações e imagens, salvar a apresentação e enviá-la para o Edmodo.

Abraços,

Prof.ª Francisca

BIOGRAFIA DE ARTHUR CONAN DOYLE







Arthur Ignatius Conan Doyle nasceu em 22 de maio de 1859, em Edimburgo, na Escócia. Os Doyles eram uma família próspera-católica-católica. Charles Altamont Doyle, o pai de Arthur, um alcoólatra crônico, era um artista moderadamente bem-sucedido, que, além de ter um filho brilhante, nunca realizou nada de nota. Com a idade de vinte e dois anos, Charles se casou com Mary Foley, uma jovem vivaz e bem educada de dezessete anos. [...]

Em 1876, graduando-se aos dezessete anos. O jovem estudante de medicina encontrou vários futuros autores que também estavam cursando a universidade, incluindo James Barrie e Robert Louis Stevenson. No entanto, o homem que mais o impressionou e influenciou foi sem dúvida, um de seus professores, o Dr. Joseph Bell. O bom médico era mestre em observação, lógica, dedução e diagnóstico. Todas essas qualidades foram encontradas na personagem do célebre detetive Sherlock Holmes.

Conan Doyle, a fim de conseguir algum dinheiro, escreve sua primeira história, em , em 1879, “O mistério de Sassassa Valley", que mais tarde, serviria como inspiração para seu livro “O Cão dos Baskervilles”. O sucesso deste livro induziu Doyle a criar seu principal personagem Sherlock Holmes, inspirado em vários detetives locais e de seu tutor, Joseph Bell, aproveitando as horas livres. Holmes era sempre acompanhado por Watson, um médico com alguma experiência no ramo.

Esse seu novo personagem teve sua estréia no "Um Estudo em Vermelho". Como sua estréia teve uma grande repercussão, Doyle escreveu "O Signo dos Quatro".Apesar de Doyle ter feitos várias histórias, os que fizeram mais sucesso foram Os quatro romances de Sherlock Holmes e Watson.

Foi a publicação, em 1887, de "Um estudo em vermelho" que deu a Conan Doyle notoriedade imediata. Nesse, como em suas outras histórias policiais, o personagem principal é o detetive de inteligência penetrante, que toca violino, Sherlock Holmes.

Durante os próximos anos, o jovem dividiu seu tempo entre tentar ser um bom médico e se esforçando para se tornar um autor reconhecido. Em agosto de 1885, ele se casou com uma jovem chamada Louisa Hawkins, a irmã de um de seus pacientes. Ele a descreveu em suas memórias como tendo sido "gentil e amável".

Mais tarde, a partir de 1891, As Aventuras de Sherlock Holmes transformam-se em série na Strand Magazine. Cansado da própria criação, Doyle tenta matar o personagem, mas é obrigado a revivê-lo em 1903. Redige também romances históricos, como The White Company (1890), e peças de teatro.

Nos intervalos das histórias do detetive, Doyle dedicou-se a obras "mais sérias", mais apreciadas pelo escritor, como "A Companhia Branca" , "As Façanhas do Brigadeiro Gerard" e "Micah Clarke" . Esse último, um grande sucesso. Doyle acabou, assim, abandonando a medicina para seguir definitivamente a carreira literária.

As histórias de Sherlock Holmes tornavam-se mais e mais populares, obrigando Conan Doyle a continuar criando casos para seu detetive. E quanto mais vezes o detetive expunha suas habilidades para o público estupefato, mais as outras obras de Doyle tornavam-se obscurecidas.Pretendia, assim, pôr um fim às histórias de Holmes e dar espaço às suas obras mais clássicas. Assim, apesar das súplicas de todos, o autor incrivelmente prolífico, mas muito impulsivo, decidiu se livrar de Sherlock Holmes.

Para a grande surpresa de Doyle, a morte de Sherlock Holmes, publicada em 1893 no caso "O Problema Final" , chocou milhares de pessoas de todos os cantos do mundo. Muitos marcharam em luto pelas ruas de Londres, em protesto. O público não se conformava e clamava pela volta do detetive.

Assim, em meio a um turbilhão de protestos e insultos, Doyle foi obrigado a ressuscitar seu detetive no caso "A Casa Vazia" , em 1903. Era a prova de que a criatura tornara-se mais forte do que o criador. Sherlock Holmes tinha tornado-se imortal.

Arthur Conan Doyle morreu na segunda-feira, 7 de julho de 1930, cercado por sua família, em  sua casa em Crowborough, East Sussex, de ataque cardíaco aos 71 anos.










Aula da semana de 16 e 17.08.17 das turmas 7ªA e 7ºB

Objetivo: Elaborar uma apresentação sobre a biografia do autor Arthur Conan Doyle.

Acessem ao site indicado abaixo, cliquem no ícone no lado direito, no alto da tela, para que a página seja traduzida pelo Google. 

Leia a biografia do autor e selecione de cada parágrafo do texto as ideias principais. Com estas informações selecionadas, elabore frases para serem utilizadas nos slides, que farão parte da apresentação sobre a vida pessoal e profissional do autor.

Baixe os slides produzidos na aula anterior e insira neles as frases elaboradas. Lembre-se que cada slide deverá ter, no máximo, 4 frases e 1 ilustração.

Salve novamente no computador a sua apresentação e antes do final da aula envie seu trabalho para o Edmodo.

Site indicado para pesquisa:


http://www.arthurconandoyle.com/biography.html

Abraços,


Prof.ª Francisca



Olá, alunos dos 7º ano A e B:


Hoje daremos inicio ao Projeto de Contos de Enigma. O primeiro passo será realizar a pesquisa proposta no slide abaixo sobre Arthur Conan Doyle e seu personagem Sherlock Holmes. Acesse o slide e siga as instruções para realização e envio das pesquisas.













Conheça o criador do mais famoso detetive, Sherlock Holmes, o autor Arthur Cona Doyle:










Acesse o link abaixo para ler o texto "Se eu fosse Sherlock Holmes":

https://issuu.com/thiagocurioso1985/docs/os_100_melhores_contos_de_crime_-_f_77ecd30e185827/336

Outros links interessantes:

Livro - As memórias de Sherlock Holmes

Livro - Um Estudo em Vermelho

O cão dos Baskerville

Sherlock Holmes - Casos Extraordinários

Confira o vídeo:


O raciocínio lógico-dedutivo de Sherlock Holmes:



Nenhum comentário: